POR QUE OPTAR PELA MEDICINA NATURAL?

Cada vez mais a ciência está comprovando que quando retiramos um componente químico de seu meio natural, seu princípio ativo apresenta ação diferente daquela apresentada no vegetal inteiro. Uma planta medicinal possui diversos componentes químicos e seu princípio mais ativo funcionando em conjunto. Isso é a própria planta!

Quando retiramos um de seus componentes químicos que contêm seu princípio ativo, não significa que essa substância trabalhará por si só de igual forma, visto que foi separada de seu meio. Imagine se cortarmos o corpo humano em diversas partes e separássemos os braços, as mãos, a cabeça… Agora, imagine que queremos o princípio ativo “caminhar”. As pernas andariam por si mesmas? Não, porque foram separadas do todo. Poderiam ser implantadas em outro indivíduo, por exemplo, mas não seria o mesmo “caminhar”.

Pode ser um exemplo um tanto exagerado, mas é assim que vejo a natureza e os remédios alopáticos. O ser humano deixou de lado a medicina natural, tão utilizada por nossos antepassados, para se apoderar da medicina laboratorial. Entendo que a natureza e o ser humano compõem um conjunto com todo o planeta e o universo. Quando nos separamos desse conjunto, causamos desequilíbrio geral. Digo que nos separamos pelas agressões à natureza, as devastações, ao distanciamento do cosmo, por nos considerarmos o centro das atenções e soberanos em relação ao universo. Nossas cognições, nossa noção do “eu” (ego) e nossos tradicionais paradigmas não nos deixam enxergar, e então mudar.

Às vezes achamos que um tratamento natural leva muito mais tempo para nos curar do que uma medicação alopática. Sim, mas é claro! Então, voltamos a questão do equilíbrio. A maioria dos indivíduos de nossa época está com o organismo (não só o corpo biológico, mas emocional e espiritual) desequilibrado. Nota-se claramente em uma simples queda de cabelo quando o penteamos, em um rosto gorduroso pelo excesso de poluição, ou um simples pontinho branco na unha por falta de vitaminas. Situações simples como as de não ir ao médico por causa delas. Mas não é saúde de qualquer forma!!

Quando utilizamos fontes naturais para tratamento, elas irão restaurar o equilíbrio perdido no organismo, e as transformações ocorrerão lentamente. Essas são suas primeiras e principais funções: restabelecer o equilíbrio perdido.

Assim, torna-se urgente em nossos dias, buscarmos esse equilíbrio perdido há tanto tempo, renunciarmos ao isolamento das partes, para voltarmos a ser o “todo”, não reducionistas, mas complexos!!

(por Giseli Fernandes, estudiosa sobre óleos essenciais, óleos vegetais e produtos naturais terapêuticos)

Esse post foi publicado em artigo e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s